Puxa Redi.jpg
Kuny Mendes.jpg

TEXTO CURATORIAL “RÓSTUS Y IDÊNTIDADI”

Da mestiçagem entre os europeus e os nativos da costa africana, nasceu um povo independente que assume com orgulho a sua identidade crioula. O principal recurso de Cabo Verde é o seu povo (o ser humano), fruto da mistura de várias culturas, entre as quais a africana e a do sul da Europa. Os cabo-verdianos são conhecidos pela sua hospitalidade, vivacidade, “morabeza”, empenho e dedicação no trabalho, criatividade e acima de tudo a sua forte tradição de família. A exposição Róstus Y Idêntidadi, retrata-nos não só apenas os momentos únicos muito bem captados, pelo seu autor Kuny Mendes, mas também a resiliência perante todas as adversidades que os/as cabo-verdianos/as têm tido aos longo dos anos. 

 

Autoria: Adilson Gomes – Diretor Geral das Artes e das Indústrias Criativas de Cabo Verde

 

SHORT BIO KUNY MENDES

Nilson Mendes, de nome artístico Kuny Mendes, natural de Santa Cruz, casado pai de 3 filhos, residente atualmente em Assomada, Cabo Verde, fundador e treinador principal da Escola de Mini Basket de Assomada (EMBA); ativista de boas causas socioculturais e ambientais, com grande enfoque no voluntariado e na fotografia documental e artística.

Em 2009, foi distinguido com o prémio de 1º classificado no concurso fotográfico, a Importância da Música na Tua Vida, que certame que aconteceu na cidade de Leiria - Portugal. Em 2016, em Assomada, Cabo Verde, organizou a 1ª exposição individual, cujo tema foi Guentis di Santa Katrina. Em 2017, na cidade da Praia, teve a honra de levar ao grande público a segunda exposição com o tema Juntos pela Primeira Infância, enquadrada na semana do bebé, em parceria com o grupo Cimpor-Intercement, e a Câmara Municipal da Praia. Em 2018, desafiado pela Direção Geral das Artes e das Indústrias Criativas, organizou a sua 3ª exposição individual de nome Rostús Y Idêntidadi, enquadrado no Ciclo Novos Talentos do Palácio da Cultura Ildo Lobo cidade da Praia – Cabo Verde que também esteve patente durante este mesmo ano nos municípios de Tarrafal, Assomada e Tarrafal. Em 2019, participou, com algumas obras da coleção Róstus Y Idêntidadi, na exposição coletiva que inaugurou o Centro Cultural Cabo Verde (CCCV) em Lisboa – Portugal. Em 2020, em parceria com a Câmara da Moita, distrito de Setúbal -Portugal, organizou na Biblioteca Municipal de Alhos Vedros, a 6ª mostra da Coleção Rostús Y Idêntidadi. Em 2021, na Cesária Évora Academia de Artes - Cidade da Praia, Cabo Verde

Em 2021, Coletiva da UCLA  em Lisboa – Portugal

Em 2022, Coletiva na Expo Dubai 2020 no Dubai.